Índice >> Produtos >> Florais e Outros >> Outros Produtos >> Diversos >> Pêndulos ZED Suecos de Madeira para Radiestesia  

Pêndulos ZED Suecos de Madeira para Radiestesia

Pêndulos ZED Suecos de Madeira para Radiestesia


ATENÇÃO!
Este produto é fornecido com folheto de instruções!

Veja os nossos preços agora mesmo!

O Pêndulo

A definição de Pêndulo é de que se trata de um peso suspenso por um fio (flexível), pelo que, assim sendo, qualquer objecto de qualquer material suspenso por um fio pode ser usado como Pêndulo em radiestesia. O Pêndulo deve ser simétrico a fim de não viciar as oscilações e a sua cor deve ser a do próprio material. O fio de suspensão pode ser de algodão, linho ou de fibras sintéticas, ou ainda uma fina corrente metálica, usualmente com cerca de 8 a 10 centímetros de comprimento, no mínimo.

A radiestesia também é aplicada à adivinhação. Pode fazer-se qualquer tipo de pergunta ao Pêndulo. Mas, para não interferir na resposta, tem de se estar emocionalmente neutro. Na altura de trabalhar com o inconsciente, é preciso ter técnica e paciência, mas isso só se adquire quando já existe prática, confiança e um bom nível energético.

Pêndulos para uso geral

Um Pêndulo pode ser feito a partir de rocha, madeira, metal, vidro ou plástico. Os Pêndulos de ferro são particularmente sensíveis a campos magnéticos, enquanto os de cobre ou de latão são sensíveis às variações de campo eléctrico, por mais pequenas que sejam.

Se é recomendável que o principiante em radiestesia procure um Pêndulo simples para iniciar as suas práticas, é igualmente verdade que, com o desenvolver da prática, à medida que se vai tornando mais experiente, acabará por eleger outro material como sendo o mais adequado. A madeira é uma óptima resposta, pois revela-se como um material neutro e dificilmente influenciável pelas energias que afectam os restantes. ou seja, permite criar um óptimo pêndulo.
Pensando em si e nesta questão, elegemos algo que, uma vez na sua mão, irá deixar os seus parceiros e clientes boquiabertos...
Mas não adiantamos mais nada!
Se quer mesmo saber de que se trata, terá que ler o parágrafo abaixo...

Antigos passatempos de Inverno ganham nova expressão

Fruto dum labor paciente e minucioso, pedaços grosseiros de madeira variada,  sob as mãos extraordinariamente hábeis e engenhosas de raros artesãos duma aldeia perdida no meio da Suécia, acabam por se transformar em belíssimos e preciosos pêndulos.
Mil e uma histórias ancestrais, algumas delas muito belas e hipnóticas, narram ainda hoje a forma como os longos e rigorosos Invernos eram ocupados: em trabalhos artísticos desta natureza. Infelizmente, restam pouco mais que as histórias, pois estamos a referir-nos a uma actividade que já se encontra praticamente extinta e que, mesmo recorrendo a pequenos tornos mecânicos tem uma produção reduzida.
Disponibilizamos estes preciosos pêndulos sob encomenda, uma vez que, pelo seu carácter artesanal, o nosso fornecedor nem sempre consegue corresponder à quantidade esperada.


Pêndulos ZED Suecos de Madeira para Radiestesia

 

A “Pura Nata” das florestas suecas suspensa da sua mão

Cerca de metade da área da Suécia está coberta por florestas, das quais uns 4% são florestas primitivas. As árvores predominantes são o abeto (42%), o pinheiro (39%) e a bétula (12%). Outras árvores típicas são o carvalho, a faia, o olmo, o freixo, o zimbro, o salgueiro, o ácer, o choupo-tremedor, a tramazeira e o amieiro e é precisamente destas últimas, que são simultaneamente as mais valiosas, que os artífices extraem pêndulos tão bonitos e sofisticados como estes que lhe oferecemos em exclusivo nesta loja.
gran – abeto (nome popular das diversas espécies do género Abies e representando 42% da floresta do país) de modo geral, possui folhas pequenas e aromáticas. É usado como fonte de madeira e das suas folhas extraem-se óleos essenciais para aromaterapia e farmacologia. É igualmente bastante apreciado pelo seu efeito decorativo e usado como protecção contra o vento. Todos os anos são vendidos milhões de abetos como árvores de Natal. Grande parte dos instrumentos de cordas (violino, violoncelo e contrabaixo, por exemplo) utilizam tradicionalmente o abeto na sua parte superior (tampo harmónico) e em algumas partes localizadas no interior do instrumento, pela sua ressonância peculiar muito apreciada pelos grandes mestres.
tall - pinheiro da Escandinávia (Pinus sylvestris, ocupando 39% da floresta). Em toda a cadeia montanhosa sueca, que se estende desde a Lapónia, ao Norte, até Dalarna, ao Sul, fazendo fronteira com a Noruega, os investigadores suecos encontraram um conjunto de pinheiros com mais de oito mil anos de idade.
björk - bétula (12% da floresta é do género Betula) árvores da família Betulaceae, (próxima da dos carvalhos, Fagaceae), à qual pertence também a aveleira, Corylus avellana. As bétulas são arbustos ou árvores pequenas ou de tamanho médio, características de climas temperados do hemisfério norte.
ek - carvalho é a designação comum das cerca de seiscentas espécies de árvores do género Quercus da família Fagaceae e de outros géneros relacionados, nomeadamente Lithocarpus.
bok – faia (do género Fagus), com até 40 metros de altura e troncos possantes, com folhas inteiras ou escassamente dentadas, de 5 a 15 centímetros de comprimento e de 4 a 10 de largura e fruto pequeno (de 10 a 15 milímetros de comprimento), agrupado em pares, em cascas em forma de concha, comestível, embora amargo se cru, com alto teor de tanino, que torrado tem um sabor que lembra as avelãs.
alm – olmo (Ulmus glabra) é uma espécie de planta com flor pertencente, conhecido em Portugal popularmente como olmo, ulmo e olmeiro. É própria da Europa e ausente nos trópicos, produtora de madeira com importância local.
aska – freixo (Fraxinus angustifolia) é uma árvore da família das Oleáceas, a mesma família a que pertence a oliveira. É uma árvore de solos frescos e profundos, de porte médio, que pode atingir cerca de 25 metros de altura. A madeira é dura, densa, pesada, porosa, de som estridente, muito rica em agudos e por isso usada nas guitarras mais caras.
enbär – zimbro (Juniperus) é um género de coníferas pertencente à família Cupressaceae, que inclui arbustos e árvores de médio porte, caracterizados por apresentarem tronco robusto, madeira duradoura e, em geral, excepcional longevidade e as espécies integradas neste género são conhecidas entre nós pelos nomes comuns de zimbro, zimbreiro, junípero e sabina.
vide - salgueiro, chorão, sinceiro, vime, vimeiro e salso são os nomes comuns em português das plantas do género Salix, na família Salicaceae. É um género com perto de 400 espécies distribuídas em climas temperados e frios que inclui plantas de porte muito diverso desde arbustos e pequenas plantas rastejantes, até árvores de porte considerável, geralmente em solos húmidos.
lönn - ácer deriva de uma palavra latina que significa "agudo", referindo-se às pontas características das folhas). Da seiva da árvore é produzido o xarope de bordo ou xarope de ácer, consumido principalmente com torradas, panquecas e rabanadas.
aspar - choupo-tremedor (Populus tremula) é uma espécie de choupo, nativa das regiões frias e temperadas da Europa e Ásia. É uma árvore caducifólia de médio porte que cresce entre 10 a 25 metros de altura, com tronco de até 1 metro de diâmetro.
rönn – tramazeira (Sorbus aucuparia), ou cornogodinho, é uma árvore de tamanho mediano, raramente ultrapassando os 15 metros de altura que se distribui por toda a Europa, da Islândia à Rússia, passando pela Península Ibérica. Tolera o frio, podendo encontrar-se em elevadas altitudes. Os seus frutos são semelhantes às cerejas e ricos em vitamina C, podendo ser doces ou ácidos.
al – amieiro (Alnus glutinosa) é uma árvore que na Europa se distribui por todo o continente em habitats paludosos. A sua madeira, de baixa densidade e resistente à água, é muito utilizada na construção de corpos de guitarras sólidas. O amieiro tem como característica sonora um som mais aveludado, com um grave bastante profundo. Possui um timbre caracteristicamente mais agudo, alta velocidade de propagação do som, e boa sustentação.

   

Há pelo menos uma essência floral das linhas Florais ZED que responde
cabalmente ao seu problema físico, mental, emocional, espiritual ou energético!

Nota: Os produtos, técnicas, terapias e informações deste sítio não substituem a consulta do seu médico ou especialista!

ATENÇÃO! Este produto é fornecido com folheto de instruções!

Florais ZED possui um leque de pêndulos para radiestesia, produzidos com rochas e minerais em vários tamanhos e formatos.
Temos aquele que está a chamar por si!

Se quer adquirir um Pêndulo ZED de Cristal, eis os dados para a sua encomenda:

Referência

Designação do Produto

Valor Unitário

Peso Unitário

ZV-309A

Pêndulo ZED Sueco de Madeira (Pequeno 50x15x15mm) + Bolsa + Instruções

25,90

cerca de 7 gramas

ZV-309B

Pêndulo ZED Sueco de Madeira (Médio 65x18x18mm) + Bolsa + Instruções

39,90

cerca de 10 gramas

ZV-309C

Pêndulo ZED Sueco de Madeira (Grande 80x20x20mm) + Bolsa + Instruções

49,90

cerca de 15 gramas

   ESTE PRODUTO TEM PORTES GRÁTIS   

Consulte as Condições de Venda e Portes e utilize o nosso Formulário de Encomenda. Obrigado!

<  índice  voltar  >
Sede e Endereço Postal: Florais ZED - Centro Comercial D. Dinis, Sala 703 - Av. Combatentes da Grande Guerra - 2400-122 LEIRIA - PORTUGAL
Telefones: 00351 244836160, 00351 938195335         e-Mails: Terapias, Formação e Produtos [].
Está absolutamente interdita e sujeita a processo judicial qualquer forma de cópia ou reprodução dos conteúdos das páginas deste sítio.
O 7ºzed - Escola de Reiki ZED de Leiria é a sede física dos Florais ZED, essências florais de Portugal desde 2001
Copyright © 2006-2017 - Francisco Godinho, Leiria.  Web-Designer [] Última modificação desta página: 11/07/17 Visitas desde 07/06/07: contador para blog