Índice >> Produtos >> Florais e Outros >> Outros Produtos >> Diversos >> Incensos Agarbatti 

Incensos Agarbatti


Veja os nossos preços agora mesmo!

O QUE É O INCENSO?
O INCENSO E A HISTÓRIA
INCENSOS INDIANOS DE ELEVADA QUALIDADE

O QUE É O INCENSO?
Acender incensos é uma prática que faz parte de cerimónias e rituais desde os primórdios da humanidade. Muito provavelmente, a ideia surgiu quando pessoas de antigas civilizações, ao lançarem ao fogo plantas e Substâncias aromáticas, perceberam a fumaça perfumada resultante. Hoje, os incensos são muito populares e cativam cada vez mais adeptos, que os utilizam para os mais variados fins. O incenso esteve sempre ligado à religião.

O uso do incenso para reverenciar divindades, meditar e limpar ambientes é bastante comum há milhares de anos. Por isso não admira que, segundo o relato bíblico, Jesus Cristo, ao nascer, tenha recebido incenso, mirra e ouro de presente dos Reis Magos. A forte ligação do incenso com o elemento Ar, simbolizada pela fumaça, assim como o marcante apelo olfactivo (o olfacto tem contacto directo com o processamento de emoções e com a memória) talvez expliquem o fascínio que este ritual sempre exerceu sobre os seres humanos.

De acordo com antropólogos e historiadores, os primeiros povos a prepararem incensos foram os egípcios. Os incensos eram preparados com ervas e resina de árvores consideradas sagradas. Os egípcios eram bastante experientes no fabrico de incenso, e faziam-no em templos, o que revela, desde aí a sua ligação com as cerimónias e as actividades relacionadas com a vida espiritual. A própria manufactura dos bastões era um ritual complexo e bastante secreto.

Os hindus são os responsáveis pelos primeiros incensos aromatizados e até hoje esta é uma importante actividade na Índia. Inicialmente eles utilizavam como incenso materiais nativos: benjoim, sementes, raízes, flores secas e madeiras aromáticas. Eram queimados em rituais públicos ou nas casas, na adoração de deuses e na cremação dos mortos. Nos cultos budistas, até hoje, o incenso também é utilizado nas cerimónias de iniciação de monges e faz parte dos rituais diários nos mosteiros. Mais tarde o hábito foi se espalhando por outros países da Ásia como a China e o Japão. Neste continente, a sua propagação está relacionada com a difusão do budismo. A apreciação do incenso faz parte do ritual budista para acalmar o Espírito. é um momento extremamente importante para a religião, pois recupera a paz e a liberdade espiritual. As fragrâncias que inspiram esse estado são chamadas koh. Os japoneses desenvolveram um ritual peculiar para vivenciarem o Koh: o 'Koh Do', ou cerimónia do Incenso, que é tão importante como a cerimónia do Chá Nela, o valor do incenso passa também pela questão estática. O ritual envolve uma série de regras rápidas. Os seus objectivos são a reflexão silenciosa e a conquista da paz mental. A experiência espiritual busca um estado subtil e profundo que, ao mesmo tempo, é a essência da estética japonesa.

O INCENSO E A HISTÓRIA
A expressão incenso designa, em geral, uma substância resinosa aromática, empregada desde a antiguidade que é queimada como perfume para aromatizar ambientes, afastar insectos e em rituais religiosos. Entre os diversos tipos, destaca-se o incenso de olíbano (o nome olíbano é derivado do 'abe al-lub' "o leite", em referência à seiva leitosa que sai ao golpear a árvore de olíbano), também conhecido como franquincenso (o nome franquincenso é provavelmente devido ao facto de ter sido reintroduzido na Europa pelos Francos), considerado da mais alta qualidade e produzido com a resina de olíbano, espécie de árvore do género Boswellia, cultivada no sul da Península Arábica e na Somália, em África.

O olíbano é usado generosamente em ritos religiosos. De acordo com o Evangelho de Mateus 2:11, ouro, incenso (olíbano) e mirra foram os três presentes dados a Jesus pelos Reis Magos que vinham do oriente. O surgimento do Cristianismo empobreceu o mercado do olíbano durante o século IV, a desertificação fez com que as rotas de caravanas que cruzavam o Rub' al-Khali se tornassem mais difíceis e o incremento das incursões dos nómadas no próximo Oriente facilitaram o fim do com?cio do olíbano ao redor do ano 300.

Diz a lenda que o imperador romano Nero queimou durante um ano o valioso olíbano para a cidade de Roma no funeral da sua esposa, Poppaea. O olíbano tem sido uma importante fonte de rendimento para a região nordeste da Eti?ia. Diz na Bíblia que a rainha de Sabá conhecedora da famosa sapiência do rei Salomão, partiu do seu reino e o ofertou com valioso presentes, entre eles o Incenso de olíbano.

INCENSOS INDIANOS DE ELEVADA QUALIDADE
Os Incensos Agarbatti, produzidos e exportados por Shrinivas Sugandhalaya, são os incensos mais populares na Índia no que diz respeito a incensos de alta qualidade dirigidos à Meditação. O seu reconhecimento é sem fronteiras e são feitos a partir de gomas, resinas e flores raras em conjunto com óleo de sândalo puro. são há muito apreciados para Meditação profunda e calmante e para "sacralizar" espaços. O seu cheiro agradável é forte e duradouro, continuando a sentir-se muito depois de terminar a queima.

Incenso Nag Champa Satya Sai Baba Agarbatti
O Incenso Satya Sai Baba Nag Champa Agarbatti é o incenso mais popular na Índia no que diz respeito a incensos de alta qualidade dirigidos à Meditação. Cada caixa contém aproximadamente 15 paus de incenso.

Há pelo menos uma essência floral das linhas Florais ZED que responde
cabalmente ao seu problema físico, mental, emocional, espiritual ou energético!

Quer limpar energeticamente o ambiente onde vive, trabalha ou estuda?
Os Incensos Agarbatti são uma óptima solução! Os únicos apadrinhados por Sai Baba.

Se quer adquirir o Insenso Nag Champa, eis os dados para a sua encomenda:

Referência

Designação do Produto

Valor Unitário

Peso Unitário

ZV-305

Incenso Nag Champa Satya Sai Baba Agarbatti

€ 2,50

20 gramas

   ESTE PRODUTO TEM PORTES PAGOS   

Nota: Os produtos, técnicas, terapias e informações deste sítio não substituem a consulta do seu médico ou especialista!

Consulte as Condições de Venda e Portes e utilize o nosso Formulário de Encomenda. Obrigado!

<  índice  voltar  >
Sede e Endereço Postal: Florais ZED - Centro Comercial D. Dinis, Sala 703 - Av. Combatentes da Grande Guerra - 2400-122 LEIRIA - PORTUGAL
Telefones: 00351 244836160, 00351 938195335         e-Mails: Terapias, Formação e Produtos [].
Está absolutamente interdita e sujeita a processo judicial qualquer forma de cópia ou reprodução dos conteúdos das páginas deste sítio.
O 7ºzed - Escola de Reiki ZED de Leiria é a sede física dos Florais ZED, essências florais de Portugal desde 2001
Copyright © 2006-2017 - Francisco Godinho, Leiria.  Web-Designer [] Última modificação desta página: 01/01/17 Visitas desde 07/06/07: contador para blog