Fujamos dos vampiros!
Florais ZED

 Início >> Artigos >> Fujamos dos vampiros!

Fujamos dos vampiros!

Fujamos dos vampiros!

Os vampiros com que devemos preocupar-nos são aqueles que, quer seja através da cantiga do desgraçadinho, quer seja da arrogância ou de qualquer outra estratégia, nos sugam a energia vital, deixando como troco a sua energia envenenada e de má qualidade.(…)

Artigo de: Francisco Godinho - 06/11/2018

 

Artigo

Fujamos dos vampiros!

Ao ouvirmos falar em vampiros vem-nos à memória o conde Drácula e sangue a ser sugado… Bem, mas isso é mais folclore que outra coisa. Os vampiros com que devemos preocupar-nos são aqueles que, quer seja através da cantiga do desgraçadinho, quer seja da arrogância ou de qualquer outra estratégia, nos sugam a energia vital, deixando como troco a sua energia envenenada e de má qualidade.

A energia não pode ser vista, mas se pudesse, ela iria mostrar mais sobre nós do que nos é possível imaginarmos; revelaria quem somos nós de facto.

É da maior importância sabermos com quem nos relacionamos e conhecer bem o íntimo dessas pessoas. De entre as pessoas que nos rodeiam, há algumas cuja energia se equipara à nossa e que nos trazem sensações incríveis, elevando dessa forma a nossa vibração e atraindo para nós vivências e acontecimentos positivos.

Porém, também há entre elas os chamados vampiros energéticos, que para além de nos sugarem, deixam connosco os seus lixos mentais, emocionais e espirituais, aliviando em nós a sua carga negativa e densa. Se formos vigilantes, perceberemos quem são os vampiros, pois eles tenderão a provocar em nós sentimentos de medo, ódio, repulsa, separação, relativamente a outras pessoas, procurando isolar-nos.
Por essa razão, é importante que sejamos criteriosos e selectivos, dando atenção não à beleza exterior, mas sim ao que existe por trás dela, aos seus actos e às suas palavras e ideais.

A nossa alma guarda todos os nossos segredos, portanto, procuremos não apenas estar próximos, mas relacionarmo-nos com pessoas cuja energia nos agrade e nos faça sentir bem.
Procuremos conhecer nos que nos são mais próximos o que há no seu interior, quais são os seus medos e inseguranças, quais os seus pensamentos (positivos ou negativos), pois é isso que nos será transmitido por eles.

Claro que o importante não é fugirmos dos vampiros por medo, mas sim sabermos optar por evitar o convívio com eles e a sua negatividade.

Há entre as essências Florais ZED algumas delas que permitem uma protecção eficaz contra tais pessoas, outras que aumentam a nossa sensibilidade a fim de que a triagem seja mais apurada, outras que reforçam a nossa independência… Por isso, sugerimos a consulta da página abaixo e a eventual escolha de florais que aumentem a sua vibração:
https://floraiszed.com/1-produtos/1-florais/1-compostos/1111-Compostos-Especificos-Florais-ZED.html

NOTA: Os artigos apresentados nesta secção são da inteira e exclusiva responsabilidade do respectivo autor ou compilador e reflectem apenas o seu ponto de vista, podendo não corresponder às opiniões ou pareceres dos restantes colaboradores.

Consulte as Condições de Venda e Portes e utilize o nosso Formulário de Encomenda. Obrigado!

Nota: Os produtos, técnicas, terapias e informações deste sítio não substituem a consulta do seu médico ou especialista!

 

Depoimentos

Depoimentos

Seja o primeiro a fazer um comentário a este artigo de opinião.
Contacte-nos para fazer as suas críticas e/ou sugestões, usando um dos meios sugeridos no rodapé .

« « « início voltar » » »

O 7ºzed é a sede física dos Florais ZED, essências florais de Portugal desde 2001
Sede e Endereço Postal: Florais ZED - Centro Comercial D. Dinis, Sala 703 - Av. Combatentes da Grande Guerra - 2400-122 LEIRIA - PORTUGAL
Telefones: 00351 244836160, 00351 938195335               e-Mails: Terapias, Formação e Produtos
[]                Reclamação
Copyright © 2006-2024 - Francisco Godinho, Leiria.  Web-Designer []
Está absolutamente interdita e sujeita a processo judicial qualquer forma de cópia ou reprodução dos conteúdos das páginas deste sítio
Última modificação desta página: 04/01/24               Visitas desde 01/10/06: