A Criação das Essências Florais ZED - 2
Florais ZED

 Início >> Todos os Produtos >> Essências Florais >> Fórmulas Compostas >> A Criação das Essências Florais ZED - 2

A Criação das Essências Florais ZED - 2

Florais ZED

O QUE SÃO OS FLORAIS ZED - A Criação de Essências Florais ZED - 2 (Francisco Godinho - 17/10/2014)

As essências florais são energia pura que a Fonte da Vida põe ao serviço do homem.
Florais ZED são a mágica energia das flores a zelar pela sua Saúde e bem-estar.

Nota: Os produtos, técnicas, terapias e informações deste sítio não substituem a consulta do seu médico ou especialista!

UMA ABORDAGEM ESOTÉRICA DA ZONA DE COLHEITA DOS FLORAIS ZED

UMA ABORDAGEM ESOTÉRICA DA ZONA DE COLHEITA DOS FLORAIS ZED

É de salientar que os locais onde foi efectuada a esmagadora maioria das colheitas dos espécimes florais que originaram as essências florais Florais ZED se distribuem por terrenos pouco ou nada tocados pelo homem, praticamente no centro de uma área geográfica muito específica que se situa no interior de um triângulo formado por vários poderosos vórtices energéticos da Terra, que constituem no seu conjunto o Triângulo de Lys-Fátima, um triângulo equilátero que tem como ponto privilegiado o vórtice energético de Lys – Fátima.

Alguns autores referem que, para além do enorme interesse que apresenta para a fitoterapia, cada um destes locais é excepcionalmente poderoso devido a certas condicionantes geográficas, sobretudo devido ao confluir de pelo menos quatro potentes vórtices energéticos que se registam nesta região específica do planeta, permitindo dessa forma potenciar/dinamizar/catalisar em maior grau a energia que as flores libertam, com repercussões significativas nas faculdades de cura delas dependentes.

Na sua esmagadora maioria, qualquer dos pontos de colheita dista, no máximo, 30 quilómetros relativamente ao centro de cada vórtice energético planetário a seguir enumerado, integrante do triângulo Lys – Fátima, e que são Lys - Ervedeira, Lys - Dornes e Lys - Vale da Trave.

Lys-Fátima

LYS - FÁTIMA

LYS - FÁTIMA

Este vórtice energético situa-se na Cova da Iria – Fátima, na freguesia de Fátima (Ourém), concelho de Ourém, sendo o vórtice principal localizado muito próximo da Loca do Anjo de Portugal, mais conhecida apenas como Loca do Anjo, onde se deram as 1ª e 3ª aparições do Anjo da Paz aos três Pastorinhos de Fátima, junto ao lugar de Valinhos, e o outro, algo menos intenso, localizado no local onde então existia uma pequena azinheira, que hoje é o pedestal onde a hierarquia católica colocou uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, na Capelinha das Aparições, ao lado do Santuário de Fátima.

Toda esta área está repleta da energia do Centro Intraterreno de Lys, o qual tem um papel de grande importância na purificação e na preparação da Terra para o novo ciclo, já iniciado. Esta energia estende-se por um círculo que abrange a Europa Ocidental, mas de modo muito particular a Península Ibérica (toda ela mergulhada na Energia da MÃE).

O Centro Intraterreno conhecido como Fátima (que projectou as suas energias na localidade de Fátima, em Portugal) é o prolongamento de Lys, trabalhando a Polaridade Feminina do Planeta (FATH-I-MA LYS), unindo-se aos demais centros planetários activos. Os impulsos enviados de Lys para a superfície terrestre criam campânulas de energia que podem ser aproveitadas como tela para projecções subtis, percebidas como aparições da Virgem ou de Anjos, como ocorreu em Lourdes e em Fátima, tendo-se aqui juntado a acção da Confederação de ÓRION que projectou a imagem mariana em holograma sobre a carrasqueira.

Este vórtice energético situa-se junto à Lagoa de Ervedeira, na freguesia de Coimbrão, concelho de Leiria. A lagoa tem uma extensão de 230 a 700 metros, com 2 km de margem, situando-se na fronteira entre a mata do Urso e do Pedrógão, a norte do Pinhal de Leiria.

Este vórtice energético situa-se junto a Dornes, no concelho de Ferreira do Zêzere. Dornes é uma pequena, pacata e antiga vila, que cresceu num monte banhado pelo Rio Zêzere e que, actualmente, constitui uma estreita península numa das inúmeras reentrâncias da extensa albufeira (barragem) criada pela edificação da Barragem de Castelo de Bode, inaugurada em 1951.

Este vórtice energético situa-se no terreno baldio que ladeia a Norte o lugar do Vale da Trave, na freguesia de Alcanede, concelho de Santarém, na linha delimitadora do lado Sul do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

LOCAIS DE EXCEPÇÃO

LOCAIS DE EXCEPÇÃO

Assim, sendo esta área de excepção, já de si privilegiada, no mínimo, devido às características supra mencionadas, há que referir ainda que abarca espaços amplos nos quais a intervenção humana se tem mantido em parâmetros muito reduzidos, nomeadamente o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, a Reserva Natural do Paul do Boquilobo, os Olhos d’Água (nascente do Rio Alviela), a área próxima das aldeias de Almonda e Renova (nascente do Rio Almonda, o Agroal (nascente do Rio Nabão), para referir apenas alguns deles.

O Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros ocupa uma área singular limitada a oeste pela falda ocidental da Serra dos Candeeiros e a nordeste pela aba oriental da Serra de Aire, abarca ainda a Serra de S. Bento, a Serra da Mendiga e a Serra de S. Mamede, de dimensões bem menores. A Sul, é mais ou menos delimitada por estradas municipais a partir de Rio Maior até Alcanede, passando por Alcobertas, depois pela Estrada Nacional 361, ligando Alcanede a Alcanena, a partir de onde, por estradas municipais, segue por Casais Robustos, Pedrógão (Torres Novas), Pafarrão, etc. São de realçar, devido a algumas especificidades da flora, pelo menos o Polje de Mira-Minde, o Vale da Canada, a Depressão de Alvados, a Costa de Alvados e a Depressão da Mendiga, assim como o Alto da Lagoa, situado no extremo oriental do parque, mas fora deste.

Toda esta área se caracteriza por um manto vegetal sobretudo herbáceo e arbustivo. Tendo em conta as condicionantes geográficas do país, este parque é de grande importância, não somente pelas suas dimensões significativas, mas ainda pela especificidade de alguns dos espécimes vegetais autóctones.

A principal razão pela qual o solo da área ocupada pelo parque é pobre e ressequido advém das características porosas e solúveis da rocha que o compõe, bem como devido à existência de inúmeras cavidades a que se dá o nome de algar (geomorfologia), à qual se deve sobretudo a incapacidade para a retenção da água pluvial. 

Como Comprar

Como Comprar

(em construção ou modificação)

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Por favor, siga as instruções disponíveis nas linhas finais do separador 'Introdução'.

Depoimentos

Depoimentos

(em construção ou modificação)

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

« « « início voltar » » »

O 7ºzed - Escola de Reiki ZED de Leiria é a sede física dos Florais ZED, essências florais de Portugal desde 2001
Sede e Endereço Postal: Florais ZED - Centro Comercial D. Dinis, Sala 703 - Av. Combatentes da Grande Guerra - 2400-122 LEIRIA - PORTUGAL
Telefones: 00351 244836160, 00351 938195335               e-Mails: Terapias, Formação e Produtos []
Copyright © 2006-2017 - Francisco Godinho, Leiria.  Web-Designer []
Está absolutamente interdita e sujeita a processo judicial qualquer forma de cópia ou reprodução dos conteúdos das páginas deste sítio
Última modificação desta página: 01/06/17               Visitas desde 01/10/06: contador para blog